Dúvidas em Glaucoma

Como Proceder na Dor Ocular?
Se perceber dor ocular, o fator mais importante a ser avaliado é a qualidade da visão. Dor ocular NÃO associada a uma redução da visão , deve-se,  geralmente,  a fatores externos e não  oculares, ou,  ainda,  se tiver uma origem ocular,  provavelmente não  se trata de algo grave. Já a  dor ocular associada a redução da visão deve ser imediatamente investigada.

Da mesma forma a turvação visual súbita e persistente deve merecer atenção, havendo ou não dor.

Atenção: uma das doenças mais silenciosas e traiçoeiras é o glaucoma crônico de ângulo aberto – o mais comum. Tal patologia pode levar uma pessoa, lentamente, à cegueira irreversível, sem que nunca tenha havido qualquer tipo de dor. Somente o glaucoma agudo de ângulo fechado ou secundário a outras patologias pode produzir dor intensa e, também, acentuada redução da visão de maneira.

 

Quais os sintomas do Glaucoma?

Existem vários tipos de glaucoma. Todos, quando não tratados, levam a grande prejuízo da função visual.

O tipo de glaucoma mais frequente, o de ângulo aberto, na maioria das vezes não produz quaisquer sintomas e quando os produz, muitas vezes é tarde demais. Nos casos avançados o paciente tem o seu campo de visão limitado a tal ponto  que só é capaz de perceber o que está à sua frente, não notando os objetos periféricos. São comuns os acidentes nesta fase,  como não notar um objeto ou um desnível no chão; ou não perceber um ciclista vindo junto ao meio fio e a poucos metros de distância, mas podendo ver o meio da pistaque pretendia atravessar, ou notar repentinamente uma pessoa que já estava ao seu lado e que você  não  havia percebido.

 

Quais os remédios que não devo usar,  se tenho glaucoma? 

Depende do seu tipo de glaucoma. Se for to tipo  ‘ângulo aberto’  praticamente não  há  restrições, mas se for do tipo ‘ângulo estreito ou fechado’ devem ser evitados quaisquer medicamentos que possuam contra-indicações  para glaucoma,  ou qualquer outra droga que produza a dilatação da pupila.No caso de cirurgias sob anestesia geral é importante alertar ao anestesista desta condição ocular.

Obs:  na maioria dos glaucomas deve-se evitar o uso de colírios que contenham‘corticosteróides’.  O seu uso crônico e sem a orientação médica pode levar ao aparecimento ou piora do glaucoma.

 

Há alguma relação direta entre a Pressão Arterial e Pressão Intraocular?

Embora os dois termos, isto é, ‘hipertensão arterial’ e ‘pressão intraocular aumentada’,  sugiram algo quanto a ‘pressão’, não há relação direta entre elas. Você pode ser um hipertenso e não ter glaucoma e pode ser glaucomatoso e possuir a pressão arterial normal.

 

Glaucoma é transmissível entre pessoas?

Não, mas há um evidente fator hereditário, isto é, familiar. Várias pessoas com parentesco próximo podem desenvolver glaucoma numa mesma família.

 

É possível prever ou evitar o surgimento do glaucoma crônico simples?

Não. Daí a importância do exame oftalmológico periódico.

No entanto, algumas pistas, podem ser um prenúncio do surgimento do glaucoma no futuro. O aumento das escavações dos nervos ópticos e/ou a sua assimetria parecem estar estatisticamente associados ao surgimento de glaucoma com o passar do tempo. Ter parentes com a doença.

No caso do glaucoma de ângulo  estreito o seu médico,  durante o exame,  poderá  alerta-lo sobre esta possibilidade e lhe orientar corretamente.

 

Glaucoma tem cura?

Não. É doença crônica como a hipertensão e o diabetes. É possível o controle, não a cura, com os conhecimentos e tecnologias atuais. Mesmo a cirurgia não garante a cura, pois pode haver recidivas posteriores obrigando ao retorno do uso de medicamentos ou novas cirurgias.

No entanto, alguns glaucomas secundários podem ser ‘curados’ assim que forem removidos os fatores causadores do mesmo.

 

O meu oftalmologista disse que a minha pressão ocular é normal e que, mesmo assim, tenho glaucoma. Isto é possível?

Sim. Existem glaucomas em que a pressão intraocular é perfeitamente normal. São denominados de ‘glaucoma de pressão normal’  e são tão perigosos quanto os outros tipos.

 

Quando é  necessário a realização de uma curva diaria de pressão  ou uma minicurva de pressão? 

Naqueles casos em que a pressão é normal, mas há sinais da existência da doença, como escavações papilares aumentadas ou pressão intraocular limítrofe.

Se, por exemplo, a sua pressão inicial está muito acima do limite máximo  considerado ainda normal (em torno de 21 mmHg), digamos 24, 28, 30 ou mais, é óbvio que você tem pressão intraocular aumentada e, neste caso não há necessidade da curva diária de pressão.

Caso seja pedida não deverá ser para se firmar um diagnóstico, mas por ‘outros’ motivos.

 

O meu oftalmologista receitou-me suplementos vitamínicos para serem aviados em uma farmácia de manipulação?

Praticamente todos os medicamentos para glaucoma são encontrados prontos e não há quaisquer trabalhos científicos provando a eficácia de tais medicamentos na contenção ou na melhora do glaucoma.

Saiba mais sobre o Glaucoma de Pressão Normal

2 comentários em “Dúvidas em Glaucoma

    1. Infelizmente, Antonio, isso é verdade. Num país sem cumprimento de leis e CRIMINOSAMENTE COOPORATIVISTA como o nosso, isso é real. Não estaria eu sendo leviano? NAO! Tenho inúmeras provas e relatos de pacientes. E por que não formulo uma queixa em algum conselho de ética? Porque sei ser inútil, além de arroscado oara mim. Provavelmente o punido serua eu. Continue lendo. Você encontrará coisas bem piores.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s